da luck: A mãe do técnico do Manchester City, Pep Guardiola, morreu depois de contrair o novo coronavírus, segundo um comunicado do clube inglês publicado nesta segunda-feira 6.

da poker: Em sua conta oficial no Twitter, o City detalhou que Dolors Sala Carrió, de 82 anos, faleceu em Manresa, cidade na região metropolitana de Barcelona, na Espanha, país natal de Guardiola.

“Todos ligados ao clube enviam sua mais profunda solidariedade neste período angustiante para Pep, sua família e todos os seus amigos”, declarou o representante do City na rede social.

Desde o início da crise, Guardiola já doou 1 milhão de euros para a luta contra o vírus por meio da fundação espanhola Angel Soler Daniel e da Faculdade de Medicina de Barcelona.

A faculdade declarou que a doação seria destinada para a compra de suprimentos médicos e equipamentos de proteção para os profissionais combatendo a pandemia de Covid-19 no país europeu, o segundo com maior número de mortos pela doença, atrás apenas da Itália.

Já são 135.032 casos confirmados na Espanha e pelo menos 13.169 mortes, de acordo com a última atualização da Universidade Johns Hopkins.

Aos 49 anos, Guardiola é considerado um dos maiores técnicos da história do futebol. Ele iniciou sua carreira como jogador de futebol, atuando pelo Barcelona, onde permaneceu por boa parte de sua trajetória. Depois de se aposentar em 2006, jogando por um time do México, o ex-volante mudou de área e iniciou sua carreira no comando dos clubes.

Em 2007, Pep voltou a Catalunha para treinar o time B do Barcelona e, no ano seguinte, assumiu o time principal, conquistando todos os principais títulos espanhóis e continentais já em sua primeira temporada, incluindo a Liga dos Campeões da UEFA.

Após deixar o clube espanhol em abril de 2012, Guardiola teve uma passagem pelo Bayern de Munique antes de chegar ao City em 2016.

Em suas entrevistas, Guardiola sempre fez questão de relembrar as boas memórias de sua família, elogiando sua criação “comum” e longe da fama. “Acho que é impossível viver uma infância melhor ou ter sido um garoto ainda mais feliz do que fui”, disse o espanhol em entrevista a BBC Sport em outubro de 2018.

“Nós não éramos uma família rica. Éramos pessoas normais, mais pobres que ricos em uma pequena cidade, e todos os dias eu estava na rua sem semáforos ou carros, sempre brincando, de andar de bicicleta, futebol, basquete, tênis, nadar”, contou o espanhol.

Maior rival local do City, o Manchester United também escreveu em seu Twitter em apoio a Guardiola. “Todos no Manchester United estão tristes por essa terrível notícia. Enviamos nossas condolências de coração a Pep e sua família.”

O perfil do Chelsea, outro grande clube da Premier League, foi outro a enviar suas “mais profundas condolências a Pep e sua família.”