da brdice: O Palmeiras venceu o América-MG nesta quarta-feira (25) por 2 a 1, no Estádio do Canindé, na capital paulista e se sagrou bicampeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2023.

da gbg bet: Com a conquista desta edição, o Palmeiras alcança a marca de dois títulos, se igualando a Ponte Preta, Nacional de São Paulo e Portuguesa.

O maior campeão da competição segue sendo o Corinthians, com dez conquistas, a última delas em 2017.

Leia mais

Dupla brasileira vence de virada e vai à final do Aberto da Austrália de tênis Pacaembu deverá ser reaberto na final da Copinha de 2024, diz concessionária Com tecnologia para impedimento semiautomático, bola da Copa do Mundo Feminina é revelada

Na sequência aparecem Fluminense, do Rio de Janeiro, e o Internacional, de Porto Alegre, campeões cinco vezes cada.

Flamengo e São Paulo venceram o torneio quatro vezes, enquanto Atlético-MG e Santos foram campeões em três oportunidades.

Veja o ranking dos campeões da Copa São PauloCorinthians – 10 títulos (1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012, 2015 e 2017)Fluminense – 5 títulos (1971, 1973, 1977, 1986 e 1989)Internacional – 5 títulos (1974, 1978, 1980, 1998 e 2020)Flamengo – 4 títulos (1990, 2011, 2016 e 2018)São Paulo – 4 títulos (1993, 2000, 2010 e 2019)Atlético-MG – 3 títulos (1975, 1976 e 1983)Santos – 3 títulos (1984, 2013 e 2014)Nacional de São Paulo – 2 títulos (1972 e 1988)Palmeiras – 2 títulos (2022 e 2023)Ponte Preta – 2 títulos (1981 e 1982)Portuguesa – 2 títulos (1991 e 2002)América-MG – 1 título (1996)América de São José do Rio Preto – 1 título (2006)Cruzeiro – 1 título (2007)Figueirense – 1 título (2008)Guarani – 1 título (1994)Juventus-SP – 1 título (1985)Marília – 1 título (1979)Paulista – 1 título (1997)Roma-SP – 1 título (2001)Santo André – 1 título (2003)Vasco da Gama – 1 título (1992)Celeiro de craques

Por se tratar de um torneio de categorias de base, a Copinha é muito conhecida por revelar atletas que se tornaram grandes estrelas do futebol brasileiro e mundial.

O Corinthians, maior campeão do torneio, promoveu na Copinha as estreias do meia Deco, em 1997, que fez história no Porto e na seleção portuguesa, e o zagueiro Marquinhos, peça fundamental no título em 2012, que atualmente joga no Paris Saint-Germain.

O atual campeão Palmeiras já revelou nomes como Vágner Love, em 2003, e Gabriel Jesus, em 2015.

Antony (2019), Lucas Moura (2010), Muricy Ramalho (1972), Rogério Ceni (1993), Kaká (2001) e Casemiro (2010) foram algumas das revelações do São Paulo na competição.

O Santos revelou para o mundo do futebol atletas como Robinho (2002) e Neymar (2009).

Outros grandes nomes que surgiram na Copa São Paulo incluem: Raí (Botafogo-SP em 1983); Dener (Portuguesa em 1991); Djalminha (Flamengo em 1990); Paulo Roberto Falcão (Internacional em 1972); Dida (Vitória em 1993) e Fred (América-MG em 2003).